Home / Metal /

ReAmp Studio: opções infinitas, sons de alta qualidade e muita diversão!

ReAmp Studio: opções infinitas, sons de alta qualidade e muita diversão!

Gonçalo Sousa
by Gonçalo Sousa

Share this article

Numa indústria dominada por plugins VST e efeitos de produção direccionados para a música electrónica, a Audio Assault é uma empresa distinta devido aos seus plugins de áudio matadores destinados sobretudo ao género metal. Foi assim que esta marca sediada em Puebla, perto da Cidade do México, se impôs definitivamente no mercado.

E hoje falamos de um dos melhores softwares que eles já criaram, nomeadamente o ReAmp Studio! Confira agora a nossa review para saber como usar este plugin incrível.

Antes de avançarmos para a análise sobre o ReAmp Studio é importante esclarecer que este plugin estava inicialmente previsto obter o nome de Grind Machine III, tendo sido renomeado como ReAmp Studio e amplamente expandido. Ele envolve muitos modelos de amplificadores de metal, juntamente com muitos outros recursos.

Mas, o que é o Grind Machine original? Ele foi o primeiro plugin da Audio Assault e ajudou a empresa a implementar o seu nome no género metal, sendo bastante popular entre guitarristas. Posteriormente foi revisto e surgiu o Grind Machine II, uma reencarnação deste lendário monstro de emuladores de amplificadores de metal!

Reconstruído do zero, o Grind Machine II oferece um fluxo de trabalho simplificado e um realismo aprimorado, incluindo o motor IMPACT que emula os movimentos microdinâmicos de alto-falantes reais, adicionando uma sensação de realismo raramente encontrada em modeladores de amplificadores.

A enorme variedade de amplificadores brutais incluída no Grind Machine II pode ser combinada com uma vasta coleção de cabinets, que permitem que você aprimore o seu timbre perfeito rapidamente, assim como acontece com outro plugin de guitarra como o HellBeast!

A interface gráfica simplificada do Grind Machine II tem também a vantagem de colocar todos os controlos ao alcance dos utilizadores numa única tela, evitando perder-se num mar de opções. O layout intuitivo imita o fluxo de trabalho familiar da maioria dos amplificadores de guitarra, tornando o Grind Machine II um plugin muito fácil de usar.

E porque é tão importante explicar primeiro o Grind Machine II quando estamos a falar do ReAmp Studio? Porque este último plugin é a evolução natural do plugin anterior, tendo não apenas incorporado todos os seus atributos, como expandido bastante as suas vantagens e qualidades.

 

 

O ReAmp Studio é, sem dúvida, um plugin de áudio sobretudo vocacionado para o género metal, integrando alguns dos amplificadores de som mais realistas de todos os tempos. Inclui ainda 36 Stomp Boxes, 103 Amp Heads, 100 Cab IRs, Cabines 35 “FLEX” com posição de microfone móvel, Módulo Rack FX e carregador IV duplo com controlo IMPACT para aumentar o realismo.

Com o Cabinet Loader você pode posicionar livremente o microfone usando FLEX Cabs e usar o controlo IMPACT para trazer mais realismo aos seus IRs e, em seguida, acrescentar Focus para fortalecê-los! Ainda mais incrível é que pode misturar e combinar os seus IRs favoritos com numa cabinet dupla e inclusivamente linkar para as suas pastas favoritas de IR de modo a facilitar a navegação.

Na secção de 36 Stomp Boxes estão incluídas opções como Time Effects, EQ, Distortions, Overdrives, Boosters, Compressors e Tremolo, enquanto na FX Rack encontra opções como EQ, Delay, Reverb, Chorus e Compressor. As suas capacidades são praticamente infinitas!

Pela nossa experiência, quando você utiliza os IRs corretos juntamente com o equalizador então o ReAmp Studio ganha imenso em desempenho, destacando-se como o melhor dos melhores amplificadores de metal disponíveis actualmente.

Por tudo isto enumerado em cima, não temos dúvidas em recomendar o ReAmp Studio da Audio Assault. Garante opções infinitas, sons de alta qualidade e muita diversão, sendo um dos melhores plugins de guitarra lançados este ano com certeza!

Existem vários vídeos tutoriais disponíveis sobre o ReAmp Studio no YouTube. Aqui em baixo e no final deste artigo pode ver alguns dos melhores.

 

 

 

Confira a lista total de modelos de Amplificadores do ReAmp Studio

Blockstar HT50 Clean Voice

Blockstar HT50 Clean

Buguera 1990 Clean

Cieratone Jazz

Cieratone Rock

EHV 5051 III Clean

Fester Deluxe Verb

Highwatt 100 Bright

Highwatt 100

Meisa Fimore Clean

Morgen SWR22

Orenge MacroDark Clean

Paevy Bulbking Crunch

Paevy Stereo

Ronald J102

Vaux AC30

Carving X60 Lead

Carving X60 RTM

Danlectro Twin CH2

Danlectro Twin CH3

Fredman BE100 Crunch

Orenge MacroDark

Paevy Pento Bull

Paevy Pento Cactus

Paevy Pento Star

Paevy Pento Tree

Vaux AC30 HOT

Audio Assault Badix

Audio Assault Crack

Audio Assault Fox

Audio Assault Germinator

Audio Assault Slasher

Audio Assault Smoker Brite

Audio Assault Smoker

Audio Assault Wyld

Audio Assault XBottom

Blockstar HT50 Lead

Blockstar S100

Buguera 333 Rythm

Carving LegaC Bright

Carving LegaC

EGNL Infermo

EGNL Inferno Fat

Fredman Baterslax CH2

Fredman Baterslax

Fredman BE100

Meisa Fimore Drive

Meisa Fimore Hi

Meisa MKII

Meisa MKIV

Meisa TC50

Orenge AD30 Tight

Orenge AD30

Paevy Bulbking

Blockstar HT50 Lead Voice

Bonger Ubershall

Buguera 333

Buguera 6262 Lead

Deizel V4

Deizel VH2

EGNL Evader Tight

EGNL Evader

EGNL Firebol

EHV 5051 III Lead

EHV 5051 III RTM

Frameus Kobra

Krunk Krunkenstein

Meisa Recto CH2 V

Meisa Recto CH3 M

Meisa RevF Orange

Meisa RevF Red

Meisa TC50 Tight

Paevy 5150 Combo

Paevy 5435+

Paevy 6505+

Paevy Triplex Tight

Paevy Triplex

PSR Arkon

Randoll Santa Grind

Randoll Santa

Rev G120

Rev Gen20

Sodano SL100

VTH Pitbul

Buguera 1990 Lead

Buguera 1990 Rythm

Fester Delux Verb Fire

Marshell AFM100 Bright

Marshell AFM100

Marshell JMC800

Marshell JMC900

Marshell JMC2000

Marshell JMV420 JS

Marshell Plexi Bright

Marshell Plexi

Lien6 Spidy Inane

Marshell Bulbstate

Randoll Century Tight

Randoll Century

Randoll RGP1000

Randoll RH200 Rythm

Randoll RH200

 

 

 

POSTS RELACIONADOS

     

Share this article

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *