Home / Concertos /

Dino D’Santiago e Conan Osíris em destaque nos Prémios PLAY 2019

Dino D’Santiago e Conan Osíris em destaque nos Prémios PLAY 2019

Mídia Kit Blog Mundo de Músicas

Dino D’Santiago foi o grande vencedor da primeira edição dos PLAY – Prémios da Música Portuguesa, arrebatando 3 troféus: Melhor Artista Solo, Melhor Álbum com Mundu Nôbu e Prémio da Crítica, este último da responsabilidade de um painel com cerca de uma dezena de críticos portugueses de música.

Quanto ao Artista Revelação, talvez sem surpresa, Conan Osíris ficou à frente de Selma Uamusse, Papillon e Sara Correia, deixando uma mensagem de respeito: “Aceitem-se todos como me aceitaram a mim”.

Amor em tempo de Muros de Pedro Abrunhosa foi galardoado com Melhor Videoclipe. O vídeoclipe oficial da canção é um dueto com a conceituada cantora mexicana Lila Downs e o primeiro single do disco Espiritual, o mais recente álbum de originais de Pedro Abrunhosa.

O vídeo, realizado por Filipe Correia dos Santos e com a direção de fotografia de Arlindo Camacho, foi filmado no México, com pessoas reais, engrandecendo uma canção que por si só já retrata uma realidade que a todos toca.

Prémios PLAY 2019: uma festa da música portuguesa

A cerimónia foi apresentada por Filomena Cautela e Inês Lopes Gonçalves, contando com atuações dos nomeados para o prémio de Melhor Canção (que é votado pelo público), foi uma verdadeira celebração da música portuguesa.

O evento foi transmitido em direto na RTP 1, sendo de realçar que os vencedores de cada categoria foram apresentados por duplas que incluíram cantores (como Sónia Tavares e Ana Bacalhau), actrizes (como Oceana Basílio e Isabel Valadeiro), escritores (como José Luís Peixoto), youtubers e até políticos (como a vereadora da Cultura da Câmara de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, o ministro da Cultura de Cabo Verde, Abraão Vicente, e a ministra da Cultura portuguesa, Graça Fonseca).

Assim, pisaram o palco Blaya, ProfJam, Wet Bed Gang e Valas com Raquel Tavares, dupla que se sagraria vencedora com o tema Estradas no Céu na categoria de Melhor Canção, como escolha do público. O single foi produzido por SuaveYouKnow e Diogo Piçarra e é mais um dos temas que faz parte do novo álbum de Valas, intitulado “Check-In”.

De referir ainda a presença carismática de Jorge Palma e Sérgio Godinho, que cantaram em dueto os temas Portugal, Portugal e O Primeiro Dia.

Mesmo no fim da cerimónia foi a vez do fadista Ricardo Ribeiro homenagear Carlos do Carmo, vencedor do Prémio Carreira (entregue pela Ministra da Cultura, Graça Fonseca, ao filho do fadista), interpretando a música No Teu Poema. Esta distinção foi recebida no ano em que o fadista celebra o seu 80.º aniversário e anunciou o seu adeus aos palcos.

Amor Electro, Expensive Soul e Virgul, que revelou o novo single, intitulado Difícil Demais, também atuaram numa cerimónia que premiou ainda os Dead Combo como Melhor Grupo, Matias Damásio com o Prémio Lusofonia.

Destaque ainda para Kendrick Lamar, que venceu nas duas categorias dedicadas a música internacional, para “Melhor Artista Internacional” e “Melhor Canção Internacional” com All The Stars feat. SZA, da banda sonora “Black Panther The Album Music From And Inspired By”.

Os PLAY – Prémios da Música Portuguesa, uma iniciativa da associação PassMúsica, formada pela Audiogest e pela GDA, cujo objetivo é reconhecer o mérito do trabalho dos artistas portugueses, regressam em 2020.

Confira a lista completa dos vencedores dos Prémios PLAY 2019

Melhor Grupo – Dead Combo

Mídia Kit Blog Mundo de Músicas

Melhor Artista Solo – Dino D’Santiago

Melhor Álbum “Mundu Nôbu” – Dino D’Santiago

Melhor Vídeo – ‘Amor em Tempo de Muros’ de Pedro Abrunhosa (com Lila Downs)

Prémio Lusofonia – ‘Nada Mudou’ de Matias Damásio

Prémio da Crítica – “Mundu Nôbu” de Dino D’Santiago

Prémio Revelação – Conan Osíris

Melhor Álbum Fado – “Maria” de Carminho

Melhor Artista Internacional – Kendrick Lamar

Melhor Canção Internacional – ‘All the Stars’ de Kendrick Lamar (com SZA)

Melhor Canção – ‘Estradas no Céu’ de Valas (com Raquel Tavares)

Prémio Carreira – Carlos do Carmo

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *