ÚLTIMOS POSTS

Rocketman: um grande filme musical épico sobre Elton John

O filme Rocketman foi bastante elogiado pela crítica especializada e pelo público em geral, sendo um verdadeiro musical épico sobre a incrível história dos primeiros anos de carreira de Elton John. A obra acompanha o fantástico percurso de transformação do tímido prodígio do piano Reginald Dwight numa estrela internacional, contando com uma banda sonora de luxo.

NOS Primavera Sound 2019: Erro de casting ou o triunfo da libelinha?

Em 2019, o NOS Primavera Sound deu entrada nos cuidados intensivos. Posto isto, impõe-se perguntar: o cartaz (principal) 2019 do NOS Primavera Sound foi um erro de casting ou foi a metamorfose do festival indie-rock do Porto e o, consequente, triunfo da libelinha?

12 canções da trilha sonora popular do filme Paraíso Perdido

Lançado em 2018, o filme Paraíso Perdido conquista todos os amantes da música popular brasileira pela sua trilha sonora e as escolhas dos artistas para interpretar os personagens e as interpretações que eles dão para os clássicos da música ‘cafona’. Neste texto selecionamos 12 canções e fizemos alguns comentários em cima do que se passa no filme com um pouco da história de cada uma destas canções e seus intérpretes originais.

Korto no CCOP: Rock servido em forma de arrepio

Os Korto, que são um power trio francês de rock intenso e urgente, trouxeram a Portugal a «Food Truck Tour» e, bem, no Auditório do CCOP (Círculo Católico Operário do Porto), a coisa foi um autêntico arrepio. E um arrepio porque tudo parece sempre muito acelerado (e, de facto, é!) e porque tudo estremece, de alto abaixo, de um lado para o outro, da frente para trás, vice-versa e ao mesmo tempo…

Patti Smith revela a alquimia do seu trabalho no livro Devoção

Patti Smith é mais conhecida como cantora, mas ela na verdade assume-se de várias maneiras, sendo considerada uma escritora e artista musical e visual, tendo mesmo assinado vários livros que lhe trouxeram imenso respeito da crítica e público. Como é caso da obra Devoção, onde desvenda o seu processo criativo único e original.

O que faz esta canção ser tão boa? Rick Beato explica os segredos!

Ideal para melómanos, músicos e produtores, a playlist What Makes This Song Great? assinada por Rick Beato garante umas boas horas de entretenimento e aprendizagem direta para todos aqueles que desejam entender melhor como se cria uma música poderosa e como a produção tem muitas vezes uma influência decisiva no encantamento do público amante de música. Imperdível!

Madrugada no Hard Club: Saudade, intensidade e uma imensa… felicidade

Os noruegueses Madrugada regressaram aos palcos e passaram pelo Porto com um concerto que, da osmose entre saudade e intensidade, acabou numa imensa felicidade. E em boa-hora Sivert Høyem, Frode Jacobsen e o baterista Jon Lauvland Pettersen se lembraram de regressar aos palcos para celebrar 20 anos de «Industrial Silence» (1999).

The Young Gods: Rock industrial envelhecido em barricas de carvalho francês

The Young Gods apresentaram-se no Hard Club com álbum novo e o gene de sempre: rock industrial, em que os samplers e as guitarras se digladiam por entre uma batida disruptiva! Uma noite memorável!

Dino D’Santiago e Conan Osíris em destaque nos Prémios PLAY 2019

Dino D’Santiago foi o grande vencedor da primeira edição dos Prémios PLAY 2019, arrebatando 3 troféus: Melhor Artista Solo, Melhor Álbum com Mundu Nôbu e Prémio da Crítica. A cerimónia, que contou com atuações dos nomeados para o prémio de Melhor Canção (que é votado pelo público), foi uma verdadeira celebração da música portuguesa.

Semanário da K-Pop: Beast, One, Cenas e pozinhos de J-Pop celebratório

Decerto estarão familiarizados com uma cena chamada K-Pop. Vem da Coreia, daquela Coreia cool, da Subaru, Samsung, e-sports e coiso. Agarrem nos headphones e orem ao Pai: parece que se vai ouvir um bocadinho de K-Pop pelo Mundo de Músicas…

Haarm no Hard Club: Pop melódica de atmosferas vagas e coloridas

Foi uma noite, inesperadamente, excelente. Boa música, excelente ambiente, muita conversa e no fim… começou a festa! Bem, foi um autêntico bailarico! Com Chris McIntosh na guitarra, Jen Davies nos teclados e Olly Gorman na bateria, os Haarm conquistam pela beleza das canções e pelos ambientes atmosféricos que conseguem criar, em que a dupla vocalização (Chris e Jen) empresta algo de muito substancial à sonoridade dos britânicos.