Home / Música Brasileira /

Voá: o álbum que Momo fez após 1 ano em Lisboa

Voá: o álbum que Momo fez após 1 ano em Lisboa

 

O artista brasileiro Momo – nome artístico para Marcelo Frota – é um pequeno mistério, um enigma que intriga e atrai e exige a nossa atenção tal a profundidade das suas canções, a riqueza das suas metáforas que tudo parecem abarcar, o amor e todas as outras grandes questões da vida.

Com quatro álbuns na sua discografia, Momo vive actualmente em Lisboa, cidade por que se apaixonou depois de para aí ter viajado a convite de Marcelo Camelo, outro compatriota apaixonado pela luz do Tejo. Hoje, o artista continua a fazer música e a consagrar-se no Mundo da Música como um nome a reter.

Não acredita? Basta saber que Momo tem no seu grupo de fãs nomes como Patti Smith e David Byrne, gigantes que partilharam a sua música em playlists e murais de Facebook, como quem quer fazer chegar um segredo aos amigos mais chegados. A viver em Portugal, em menos de um ano, já conseguiu aumentar esta lista e o boca a boca vai-se espalhando.

Camané é um dos mais recentes fãs confessos. “Para além de amigo do Marcelo, fiquei fã da música do Momo. Passei a ouvir os seus discos em casa e a assistir aos seus concertos. É um excelente letrista, com sensibilidade para retratar o quotidiano, em especial, o de Alfama, onde viveu durante este último ano. É esse bairro – pelo qual o Momo é mais apaixonado do que a maioria dos portugueses – que dá nome à canção que me convidou para cantar com ele”, conta o fadista.

O novo álbum chega às lojas em fevereiro e promete ser um novo marco na carreira de Momo. Com o nome de Voá, o trabalho de Momo, já se encontra em pré-venda e, em contagem decrescente, serão revelados alguns dos temas do disco. O véu começou a ser levantado com “Esse Mar”, a canção que apresentou Momo no mercado nacional e que será entregue a todos os que fizerem a encomenda do disco no iTunes.

No álbum Voá também está disponível o tema “Pensando Nele”, escrito em parceria com o escritor e poeta Thiago Camelo. Este é o primeiro single do disco, produzido por Marcelo Camelo, irmão de Thiago, com quem Momo compôs ainda os temas do disco: “Roseiras”, “Alvoreço”, “Esse Mar” e “Meu Menino”, tema esse que ficará também disponível com a pré-venda do iTunes, no dia 3 de fevereiro. Em Voá, destaque ainda para a parceria com Rita Redshoes no tema “Mimo” e do compositor brasileiro Wado no tema “Nanã”.

No passado, Momo lançou A Estética do Rabisco (2006), Buscador (2008), Serenade of a Sailor (2011) e Cadafalso (2013), discos que têm recebido o aplauso da imprensa internacional e o reconhecimento de publicações de referência do Brasil como O Globo que fez Serenade of a Sailor ombrear com discos de Chico Buarque e Criolo nas suas escolhas para melhores trabalhos de 2011. O canal de TV Multishow também distinguiu Momo com um prémio revelação no mesmo ano.

“Este disco marca definitivamente um crescimento na música do Momo, e para isso contribuiu também o trabalho de produção do Marcelo Camelo, que foi fundamental para definir este novo caminho musical. Momo é já um músico português, e este disco é uma descoberta que fica para a vida”, revela ainda Camané que conheceu Momo através de amigos e cuja cumplicidade foi crescendo.

“Entre jantares e convívios acabou por me contar que era músico, que queria ficar em Portugal e que estava a preparar um disco novo. Quando o Momo me mostrou alguns temas de discos anteriores seus, percebi que estava perante um compositor brasileiro cuja música estava muito para além do samba e da maior parte da música brasileira que ouvimos em Portugal, nomeadamente por ter influências da música do Nordeste brasileiro e da música do mundo”, acrescentou Camané.

   

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *