Home / Concertos /

Justin Bieber: um fenómeno universal que começou no YouTube

justin bieber

Justin Bieber: um fenómeno universal que começou no YouTube

 

Ídolo de milhares de “beliebers”, Justin Bieber pode ter apenas 22 anos mas a verdade é que conta já com uma carreira inacreditável. Uma verdadeira sensação da música pop – mais precisamente do subgénero direcionado para adolescentes, o teen pop, o artista canadiano conta com uma discografia de 4 álbuns de estúdio mas na verdade ele é muito mais do que um músico.

Visto quase como um símbolo para a geração nascida depois de 1995, Justin Bieber é um trendsetter. A sua música aliou-se à sua personalidade para formar uma identidade que inspira mesmo a moda dos mais jovens, os seus comportamentos e até mesmo cortes de cabelo.

O público feminino é especialmente adepto da gama de produtos associados ao artista, seja mochilas, peças de roupa, sapatilhas, perfumes e, claro, os CD’s. E o fenómeno do artista é bem comprovado sempre que há um concerto e as filas de fãs a acampar às portas do evento começa dias antes do show!

Procurando entender o sucesso e a história desta jovem sensação, decidimos que estava na hora do Mundo de Músicas dedicar um artigo completo a Justin Bieber. Preparado para conhecer mais sobre o artista canadense? Vamos lá!

Justin Bieber: as competições locais que o levaram ao YouTube

Estamos em 2009 quando se ouve falar de Justin Bieber, uma das grandes revelações do ano. Na altura com 15 anos, o artista que se viria a tornar famoso pela interpretação de Baby começou a ganhar uma base de fãs através do YouTube. Foi nesta rede social que, desde 2007, o artista – incentivado pelos pais – começou a partilhar covers de músicas de artistas como Usher, Ne-Yo e Stevie Wonder.

Os vídeos da sua participação no Stratford Idol – uma competição musical organizada em Ontário – foram os primeiros a chegar à Internet e a causar furor. Por essa altura, com apenas 12 anos, Bieber alcançou o segundo lugar na competição e não encarava sequer como possibilidade uma carreira na música. Mas continuou a manter este hobbie, partilhando-o aos poucos com o mundo até que, alguns meses mais tarde, alcançou as 10 milhões de visualizações e a atenção de editoras discográficas.

Dá-se então o grande momento da carreira de Justin Bieber: o dia em que é apresentado ao produtor musical Scooter Braun, cujo trabalho era já bem conhecido da So So Def Recordings. Em memórias que Bieber partilhou com a imprensa, recorda o dia em que Scooter Braun o levou até aos estúdios, em Atlanta, e teve a oportunidade de conhecer Usher que, por mero acaso, se encontrava no parque de estacionamento. Este contacto com o mundo da música terá sido de facto impactante para o jovem Bieber.

 

Em outubro de 2008 Justin Bieber assina então um contrato com a Island Records. Não tarda nada a chegar o seu álbum de estreia My World que traz na sua tracklist alguns êxitos como One Time, One Less Lonely Girl, Love Me e Favorite Girl. Não é surpreendente que o álbum tenha figurado entre as primeiras posições das tabelas de venda do Canadá e dos Estados Unidos, com semelhantes repercussões em todo o mundo nos meses que se seguiram. A produção do álbum, que tinha ficado a cargo de The Dream e Tricky Stewart, previa já o sucesso do trabalho de Bieber.

A segunda parte do álbum, My World 2.0, chega às lojas no dia 23 de março de 2010 e estreia na primeira posição da Billboard 200, vendendo 283 mil cópias em sua primeira semana. É aqui que surge o icónico single Baby que conta com a participação do rapper Ludacris e que será para sempre um dos maiores hits do artista. Está oficialmente lançada a carreira do artista canadense.

Em 2011, Justin Bieber lança o seu segundo álbum de estúdio, Under the Mistletoe – com músicas de Natal – que vende mais de dois milhões de cópias em todo o mundo em menos de dois meses. Entretanto, em 2012, assiste-se a uma mudança da própria identidade de Bieber enquanto artista, que começa a adotar um posicionamento mais adulto a partir do single Boyfriend.

Em 23 de novembro de 2012, Justin Bieber foi premiado pelo Primeiro-Ministro do Canadá com a Queen Elizabeth II Diamond Jubilee Medal, que homenageia quem tenha feito uma contribuição significativa para uma cidade, território, região ou comunidade dentro do Canadá, ou uma conquista no exterior que traga crédito para o país. Entretanto, já levou para casa sete prémios da Billboard Music Awards, sete American Music Awards, dois MTV Video Music Awards e já esteve nomeado para dois prémios Grammy Awards.

Justin Bieber no Brasil

Allianz Parque (São Paulo) – 1 de abril

CLIQUE AQUI PARA GARANTIR INGRESSOS NO TICKETBIS + VIAGOGO

O seu trabalho mais recente, lançado em novembro de 2015, é o álbum Purpose. Avançando do teen pop para um género mais dance-pop, Justin Bieber provou uma vez mais que só está ainda a começar no mundo da música. Aquando do seu lançamento o álbum chegou imediatamente à primeira posição da Billboard 200 e foi, em geral, bem aplaudido pela crítica. Entretanto, para os fãs, o álbum foi uma lufada de ar fresco, trazendo um Justin Bieber mais maduro à procura de um propósito.

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *