Home / Grunge /

FONES: soft punk marcante e intenso da América Latina

soft punk

FONES: soft punk marcante e intenso da América Latina

 

Guitarras timbradas flertando com o rock inglês e o garage rock, cozinha de presença e vozes suaves e melancólicas marcam a nova fase do FONES, banda de Sorocaba-SP que anunciou o seu retorno recentemente com a música “Tiros em Columbine“.

Com uma nova formação – agora com os integrantes Mauricio Barros (guitarra) e Gabriel Wiltembutg (bateria), além de Renan Pereyra (guitarra/voz) e Paulo Augusto (bateria) – o grupo tem se destacado pela sonoridade inédita, chamada por muitos de “soft punk”.

O grupo despontou em 2012, ainda com Jefferson Viteri na bateria, lançando o impactante EP Revólver. O trio ficou conhecido na época principalmente por sua ligação com o grunge e também pelas suas apresentações frenéticas, recebendo comparações a The Vines e Nirvana.

Um novo momento para a banda soft punk Fones

Neste novo momento, a banda abandona alguns velhos hábitos, mas continua determinada a fazer “música com espírito punk” e a conquistar novos fãs por conta da sua postura política em cima dos palcos – ou mesmo fora deles.

“Tiros em Columbine”, por exemplo, retrata “o avanço do pensamento fascista e critica todas as formas de opressão”. Inspirado no massacre de Columbine, que deu forma ao documentário Bowling For Columbine (Michael Moore), o single relembra a tragédia do Colorado (EUA) e também “muros de Berlim” – além da falta de amor e empatia pelo próximo.

 

“Existe um elo sobre toda essa onda de violência que nos cerca. O ápice da barbárie se encontra no discurso de figuras políticas repugnantes, que incitam o ódio contra as minorias a todo instante”, conta Pereyra.

Fones está em estúdio preparando um novo registo que tem “Tiros em Columbine” como carro-chefe. Ainda não se sabe exatamente se a banda lançará um full album ou um EP, mas o quarteto adianta que pretende trabalhar numa extensa tour pelo Brasil“Tiros em Columbine” foi gravada no Back Studio, em Sorocaba-SP, e a mixagem e masterização são assinadas pelo baterista Wiltemburg. A produção ficou por conta do próprio Fones, no bom e velho esquema do it yourself.

Ouça “Tiros em Columbine” abaixo e confira também o primeiro EP da banda, Revólver.

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *