Home / Indústria Musical /

Marketing Musical: 7 dicas para bandas angariarem mais seguidores

Marketing Musical: 7 dicas para bandas angariarem mais seguidores

Na História da Música existem muitos casos que provam que sem uma boa estratégia de marketing dificilmente algumas bandas teriam obtido a consagração mundial.

Mas se antigamente esse papel estava destinado quase exclusivamente aos managers, como por exemplo os lendários Colonel Tom Parker (Elvis Presley), Brian Epstein (The Beatles), Andrew Loog Oldham (The Rolling Stones) ou Malcolm McClaren (Sex Pistols), desde a década de 90 que muitas bandas passaram a assumir os seus destinos sem recurso a personagens externas.

Ou seja, com o surgimento da Internet e as imensas mudanças provocadas na indústria musical, a verdade é que os grupos musicais passaram a deter os meios e os instrumentos necessários para fazerem a gestão da sua carreira de modo totalmente independente.

Claro que isto não quer dizer que não possa existir uma pessoa responsável pelo marketing de uma banda, mas sim que cada artista tem a capacidade de chegar ao seu público sem ter necessariamente a intervenção de uma figura controladora e, muitas das vezes, manipuladora do seu som, imagem, merchandising e estratégia de mercado.

A verdade é que qualquer grupo que deseje realmente obter sucesso precisa de marketing musical. Seja como artista em nome próprio, banda ou até como DJ, a receita para obter reconhecimento passa sempre por executar algum tipo de marketing estratégico. Devido precisamente à Internet, o mercado musical é cada vez mais competitivo e abundante. E será extremamente difícil sobressair ignorando esta realidade.

Assim, se você tem um projecto musical será importante reconhecer que não basta que a sua música seja boa, nem irá servir de muito ser talentoso e extremamente profissional se ao mesmo tempo descurar a estratégia para chegar ao público.

Por tudo isto, hoje dedicamos este artigo a enumerar 7 dicas de marketing para bandas que desejam atrair cada vez mais seguidores.

Lista com 7 dicas de marketing musical para bandas

1 – Reconhecer a importância do Marketing Musical

A principal missão do marketing é identificar e satisfazer as necessidades humanas e sociais. Naturalmente, a meta primordial do marketing musical é identificar e satisfazer as necessidades humanas e sociais através de produtos e serviços em redor da música de um determinado grupo ou artista.

Esta é portanto a primeira e mais importante dica: se você tem um projecto musical reconheça que não poderá chegar de forma eficaz ao seu público se ignorar esta realidade. Estude conceitos de marketing básicos e tradicionais, exemplos de outros artistas e managers que deram certo e elabore uma estratégia que faça sentido para sua banda.

2 – Crie uma forte presença na Internet

Se você quer ser encontrado hoje em dia não existe meio mais poderoso do que a Internet. E para isso acontecer a sua banda terá de produzir conteúdos para colocar online. Não estou a falar apenas das suas músicas, já que isso é a base central para qualquer grupo musical. Sem canções não existe artista, como é evidente.

O marketing de conteúdo pode e deve ser usado de forma diversificada, conforme pode ver nas dicas seguintes. Você deverá criar um site, se possível também um blog, além de apostar nas redes sociais que sejam possíveis de serem alimentadas com os seus conteúdos, sejam eles sons, gráficos, imagens ou vídeos.

3 – Divulgação de concertos

Existem diversas ferramentas online que são muito valiosas na hora de divulgar os espectáculos da sua banda. Por exemplo, o Google utiliza o banco de dados da plataforma BandsInTown para informar quais os shows que vão acontecer em determinado local. Se é certo que a maioria dos consumidores de música gosta de assistir a concertos, então também é garantido que o Google será o principal motor de busca para realizarem essa pesquisa.

Um erro comum que muitas bandas fazem é pensar que os seus seguidores nas redes sociais vão passar a palavra sobre a agenda de concertos. É verdade que você deverá informar via Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest ou YouTube as datas e locais dos seus shows mas não descure a presença em plataformas generalistas, como por exemplo a BandsInTown.

Outro ponto importante é que você deverá criar conteúdo gráfico de impacto para anunciar os seus shows, ou até mesmo para divulgar eventos especiais, como por exemplo um show de aniversário da banda. Para isso, existe uma ferramenta excepcional online chamada Adobe Spark, onde você pode criar um convite de aniversário personalizado para depois enviar para as suas redes sociais e divulgar junto da imprensa.

4 – Espalhe as suas músicas online

Além de ser recomendada a criação de uma página sobre o seu grupo musical na Wikipedia, nunca será demais você disseminar as suas músicas pela Internet, utilizando para o efeito plataformas utilizadas pelos melómanos. Não deixe nas mãos dos seus fãs esta tarefa, pois isso pode ou não acontecer e tome as rédeas na divulgação das suas canções.

Naturalmente que o seu website oficial é o local ideal para divulgar as suas músicas e álbuns, sem esquecer que poderá dar muitos pormenores sobre os registos dessa forma. Mas para ir ao encontro das pessoas, então deve considerar a colocação das suas músicas nos serviços preferidos dos ouvintes: YouTube, Spotify, Deezer, Google Play, Apple Music, Bandcamp, Soundcloud e iTunes.

5 – Coloque as Letras das suas músicas disponíveis na Internet

Se antigamente era habitual as bandas fazerem a divulgação das letras das suas canções apenas nos discos editados, agora já não precisa ser assim. Pelo contrário: é bastante recomendável que você coloque as letras das músicas da sua banda em locais próprios, divulgando facilmente a sua mensagem e, mais uma vez, indo ao encontro do seu público-alvo.

Além do seu website oficial (que será lido pelo Google) e redes sociais, você deverá incluir as suas letras em serviços como: Sites de letras de música (Vagalume, por exemplo), Extensões de aplicativos de streaming (Musixmatch, que está integrado no Spotify), Aplicativos de letras (Lyrical.ly, que sincroniza com o que o ouvinte está a ouvir), sem descurar fazer Lyric videos para colocar no YouTube.

6 – Crie um Podcast

Já ouvir falar de Podcasts? Pois be, eles são cada vez mais populares e permitem aos ouvintes manter contacto com as bandas de uma maneira totalmente diferente do habitual, aproximando os seguidores do grupo. Isto acontece porque muitas pessoas gostam não apenas das canções de determinado projecto musical, mas também das personalidades que estão pode detrás dessas músicas. E um Podcast constitui um excelente meio para você divulgar os seus valores, missão, influências e identidade.

Por isso mesmo, considere a opção de criar um Podcast (que pode estar alojado no Soundcloud ou iTunes em simultâneo), onde pode por exemplo fazer entrevistas a outros músicos ou produtores com os quais você se identifica, divulgar artistas e álbuns que influenciaram a sua personalidade musical ou simplesmente falar sobre o dia a dia da banda, anunciando novidades, datas de shows e outras actividades genéricas

7 – Faça vídeos para divulgar as suas canções

Esta é uma das técnicas mais óbvias, mas que actualmente muitas bandas descuram, pois não têm as capacidades ou meios para produzir vídeos impactantes. Contudo, isso não é verdade. Nem todas as bandas precisam de criar vídeos como os grandes artistas. O segredo está na utilização eficaz de recursos na Internet, pois o mais importante você já tem: as suas músicas!

Com a utilização de vários serviços online é possível sim criar vídeos para todas as suas canções e obter reconhecimento. Depois de gerar vídeos para cada uma das suas canções é importante disseminar esse conteúdo no seu website oficial e redes sociais, mas sobretudo através de plataformas como o YouTube, Vimeo, DailyMotion, Vine, AOL, Hulu, MySpace e Videojug.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *