Home / Archives /

Soul

Soul / 15 posts encontrados

Stax Records: 60 anos de Música Soul celebrados com edições de luxo

O mundo da música soul tem a sua história vinculada a uma das mais lendárias editoras norte-americanas: a Stax Records. Em celebração dos 60 anos da fundação da editora, o Concord Music Group e a Rhino Entertainment orgulham-se de anunciar uma campanha conjunta para celebrar o aniversário da icónica editora de soul durante todo o ano de 2017.
John Legend

John Legend vai mostrar Darkness and Light na Europa em 2017

Um dos mais aclamados músicos da atualidade começa em breve uma tour pela Europa que o traz de novo a Portugal: estamos a falar, naturalmente, de John Legend. Para celebrar a carreira deste músico e a sua vinda a terras lusitanas, decidimos que seria apropriado conhecer um pouco mais da sua história.
Tina Turner

Tina Turner, um ícone tangível num passeio à beira-mar

Quando José Manuel Simões viu Tina Turner a sair de dentro do Hotel Copacabana Palace no Rio de Janeiro e ouviu umas morenaças atrevidas a grotar por ela, não resistiu e avançou na sua direcção. Passavam poucos minutos da meia-noite do dia 1 de Janeiro de 1988, abeirou-se dela com uma doçura que a enterneceu e disse “happy new year miss Tina”.
whitney houston

Whitney Houston e um “I Will Always Love You” de mau prenúncio

Certo Junho de 1998 José Manuel Simões foi convidado para ir à vila alemã de Halle assistir a um concerto de Whitney Houston, ainda estrela brilhante com diamantes ao pescoço. Assim que deixou o elevador que parou à entrada de uma esplendorosa escadaria e entrou em cena a cantar “I’m Every Woman” José Manuel Simões ficou estupefacto.

Benjamin Clementine: de sem-abrigo a vencedor do Mercury Prize

Benjamin Clementine é o mais recente menino bonito da crítica. Rendidos à diferença estilística do músico, são vários os jornais, blogs e revistas especializadas que têm escrito as mais elogiosas palavras em relação ao cantor e poeta. Originalidade e indefinição de géneros são as principais características usadas para o definir, mas sempre que o nome vem à baila, é impossível não mencionar as suas origens.

Stevie Wonder: um visionário musical que derrubou barreiras

Com uma voz muito rica, marcada por um vibrato impactante que ainda assim nunca perde a sua beleza, Stevie Wonder reflete na intensidade e emoção das suas músicas tudo aquilo que lhe foi privado visualmente pela cegueira.

Prince: um dos maiores génios criativos do Século XX

Prince é um dos maiores génios criativos do Século XX, pela sua capacidade de reinvenção de géneros, fusão de estilos e, sobretudo, pela sua musicalidade inata. É verdade que mudou o nome para um símbolo impronunciável (cuja imagem se encontra abaixo), mas acabou por voltar ao original.

Michael Jackson: uma criança que nunca quis crescer

Com uma voz única, um talento incrível para a dança e o mais variado leque de escândalos associados à sua vida, Michael Jackson continua a ser considerado Rei da Pop. Todavia, qual é a história do cantor que, de acordo com a revista Rolling Stone, faturou em vida cerca de sete bilhões de dólares, tornando-se o artista mais rico de sempre?