Home / Archives /

Música Brasileira

Música Brasileira / 45 posts encontrados

Vanessa da Mata

Vanessa da Mata: “Diverti-me muito, soltei-me e ousei muito mais…”

Em 2004, a Goreti Teixeira teve oportunidade de entrevistar Vanessa da Mata pela ocasião dos espectáculos que deu em Portugal para promover o seu 2.º álbum. Nesta conversa que agora voltamos a publicar, a artista fala da sua musicalidade, da influência da avó Sinhá no seu trabalho enquanto artista e de como escapou a uma carreira em medicina.

Paula Cavalciuk: versatilidade musical e letras de impacto marcam estreia

A artista paulista Paula Cavalciuk liberou para audição o seu ótimo EP de estreia, intitulado Mapeia. O disco da cantora, que tem sido destaque em diversos veículos de expressão do Brasil, é marcado por quatro faixas que mesclam géneros: rock, MPB, blues, jazz e até mesmo samba e sertanejo raiz. Mapeia conta com quatro canções e foi disponibilizado gratuitamente na web. Você pode fazer download gratuito do registro, da arte e das letras dentro deste artigo.

Segundo: Maria Rita num disco segundo ela própria

Lançado no ano de 2005, Segundo foi – passando a redundância - o segundo álbum da brasileira Maria Rita. O disco tem produção da própria cantora em parceria com o músico Lenine, os arranjos são seus com Tiago Costa e o trabalho também conta com a participação dos músicos Sylvinho Mazzucca e Cuca Teixeira.

Ney Matogrosso: uma exuberância que desperta consciências

Exuberante como só ele sabe ser, Ney Matogrosso é, já há muito tempo, uma das figuras mais proeminentes da música brasileira. A forma como se apresenta ao vivo e os temas icónicos que todos conhecemos valeram ao artista o reconhecimento da crítica e do público como uma das mais importantes vozes do seu tempo.
caetano veloso principal

Talento, inovação, ambiguidade sexual, homoerotismo: Caetano Veloso

Em conversa com José Manuel Simões, o artista brasileiro Caetano Veloso falou da carreira e do teste psicológico que o avaliou com homossexualismo e identificação feminina. “Sou de uma geração em que a ambiguidade sexual e a presença do conteúdo homoerótico era vivida por muitos artistas. Veja-se o próprio Bob Dylan, que na época não parecia nada andrógino nem atraente desse ponto de vista, e que, olhado hoje, era superandrógino, fazia charme de andrógeno, era bonitinho, parecia uma menina. Eu sou parte dessa geração em que os ídolos são andróginos” - afirma o autor de O Leãozinho.

Kiko Loureiro: o brasileiro que é um dos melhores guitarristas do mundo

A guitarra não se expressa em palavras, mas se o fizesse, certamente ouviríamos o português com sotaque do Brasil. Multi-instrumentalista aclamado, Kiko Loureiro foi, entre vários prémios, distinguido como um dos melhores guitarristas do mundo pela revista japonesa Burrn! Na altura, o pódio escapou-lhe por pouco, à sua frente ficaram outras três lendas do rock.

Joanna, Maria de Fátima, Amália, Neuroses e Caravelas

Encontrei-me num hotel de Óbidos com a cantora brasileira Joanna, que no registo de nascimento é Maria de Fátima, e passeei com ela por entre as patrimoniais muralhas da terra do chocolate. Enigmática, disse-me que às vezes é “frágil como as asas de um passarinho”, que facilmente rebenta num pranto, mas não acreditei.

Fafá de Belém com emoções em catadupa à flôr da pele aveludada

Fafá de Belém beijou-me, exuberante, por entre sonoras gargalhadas, humor estrelado e a mesma imensidão de simpatia. Com fartos seios desviados do sutien, recebeu-me como sempre: “Meu querido Zé, que bom ver-te, ó pá”.

Bruno Graveto: o baterista para além dos Charlie Brown Jr.

O trabalho fala por si. A expressão é antiga, mas aplica-se na perfeição à carreira de Bruno Graveto, o músico que conquistou um lugar entre os melhores bateristas do Brasil, depois de atuar ao lado dos Charlie Brown Jr. Atualmente, o baterista faz parte dos Strike, onde se mantém desde 2013. Neste post exploramos a carreira do percussionista.