Home / Archives /

Entrevistas

Entrevistas / 17 posts encontrados

Kussondulola

Kussondulola: “O papel do reggae é fazer música para ajudar os outros”

Pela altura do lançamento do álbum "Guerrilheiro", Goreti Teixeira teve oportunidade de falar com o vocalista da banda Kussondulola e que, numa breve conversa, falou da execução do álbum, dos motivos pelo qual a banda tenta usar o reggae para demarcar uma posição ativista e o sucesso conseguido entre os PALOP.
Simone

Simone de Oliveira: “Tenho medo de cantar mal”

Aos 19 anos casa-se porque achava que era isso que queria. Enganou-se e passados apenas dois meses, estava de volta a casa dos pais. Entrou em depressão e o médico deu-lhe como cura terapia ocupacional. Foi-se inscrever no Centro de Preparação de Artistas da Emissora Nacional. Depois de a ouvir cantar, Mota Pereira perguntou-lhe “Mas onde é que você estava?”. Finalmente, Simone de Oliveira tinha descoberto o seu caminho. Nesta entrevista, fala de si, da carreira e de Portugal.

Dulce Pontes: “Para mim a música tem que trazer imagens”

Dulce Pontes é uma das vozes mais importantes do panorama nacional contemporâneo. Entre os trabalhos mais recentes da artista está o álbum Focus, que contou com a colaboração do Maestro Ennio Morricone, e onde a artista interpreta alguns dos clássicos do compositor, assim como composições originais, compostas pelo Maestro especialmente para a voz da Dulce Pontes.
naifa

A Naifa: “Que o nosso trabalho seja o espelho daquilo que nós somos”

Em 2004, Goreti Teixeira teve a oportunidade de entrevistar Luís Varatojo, da banda A Naifa, aquando do lançamento do primeiro álbum “Canções Subterrâneas”. Mais de dez anos depois, voltamos a publicar a entrevista feita a um dos fundadores do grupo. Esta conversa foca-se sobre a fundação da banda, a inspiração para o álbum de arranque e apresenta uma explicação para a escolha do nome.
Luís Represas

Luís Represas: a música, a criatividade e a carreira que poderia ter seguido

Nesta entrevista que Goreti Teixeira fez a Luís Represas, na altura do lançamento de “Fora de Mão”, o artista falou de como acontece o seu processo criativo, da necessidade de assimilar um trabalho antes de partir para outro e de como poderia ter seguido medicina se a música (e a matemática!) não tivesse cantado mais alto.
Vanessa da Mata

Vanessa da Mata: “Diverti-me muito, soltei-me e ousei muito mais…”

Em 2004, a Goreti Teixeira teve oportunidade de entrevistar Vanessa da Mata pela ocasião dos espectáculos que deu em Portugal para promover o seu 2.º álbum. Nesta conversa que agora voltamos a publicar, a artista fala da sua musicalidade, da influência da avó Sinhá no seu trabalho enquanto artista e de como escapou a uma carreira em medicina.

Pedro Abrunhosa: viagens no tempo que nunca acabarão em silêncio

Com uma carreira sólida, o músico com sotaque do norte traçou um breve perfil do seu percurso até então. Ao longo da entrevista, falou do início da carreira como cantor e instrumentista, passando depois para as dificuldades vividas por quem escolhe ser músico em Portugal. Com o olhar analítico a que estamos habituados, falou da sua situação na altura e analisou o insucesso comercial do seu álbum anterior, Silêncio.

Ney Matogrosso: uma exuberância que desperta consciências

Exuberante como só ele sabe ser, Ney Matogrosso é, já há muito tempo, uma das figuras mais proeminentes da música brasileira. A forma como se apresenta ao vivo e os temas icónicos que todos conhecemos valeram ao artista o reconhecimento da crítica e do público como uma das mais importantes vozes do seu tempo.