Home / Concertos /

Andrea Bocelli: o tenor que deixou a advocacia pela ópera

Andrea Bocelli: o tenor que deixou a advocacia pela ópera

 

Andrea Bocelli dispensa qualquer apresentação. O tenor, compositor e produtor musical italiano é conhecido por todo o mundo pela sua incrível capacidade vocal. Vencedor de dezenas de prémios, conta com uma vasta discografia de álbuns clássicos e óperas completas. Com mais de 70 milhões de discos vendidos, regressa a Portugal em 2017 para um concerto memorável que celebra o 80.º aniversário da Rádio Renascença.

Nascido na cidade de Lajatico, em 1958, Andrea Bocelli passou a sua infância na fazenda da família, a cerca de 40 km da cidade de Pisa. É por esta altura que manifesta um interesse, que provou ser talentoso, para a música e que começa a ser manifestada no órgão da igreja. Das aulas de piano passou para a flauta, saxofone, harpa e até mesmo bateria, dominando aos poucos um leque variado de instrumentos musicais e sonoridades.

Infelizmente, aos doze anos fica cego na sequência de um jogo de futebol. Uma vez que tinha nascido já com glaucoma congénito, um problema que o deixou parcialmente cego muito cedo, o risco de cegueira total era acrescido em caso de incidentes físicos. Ao levar com o golpe de uma bola de futebol na cabeça, a cegueira acabou por se agravar. Curiosamente, o ídolo de infância de Bocelli era Eusébio da Silva Ferreira, jogador de futebol português. Um dia mais tarde, quando se tornou famoso, foi Eusébio que quis conhecer Bocelli.

A cegueira, no entanto, nunca foi impedimento para a sua arte mais nobre. Sem parar ou desistir, Bocelli continuou a expressar a sua paixão pela música ao ponto de se tornar um clássico tenor de Ópera, tendo já gravado quatro obras completas e contar com uma discografia de álbuns clássicos e populares.

CLIQUE AQUI NO TICKETBIS + VIAGOGO PARA GARANTIR BILHETES PARA VER ANDREA BOCELLI

Andrea Bocelli: da música à advocacia e de regresso à música

Mesmo tendo enveredado para a advocacia no ensino superior, estudando na Universidade de Pisa, Andrea Bocelli cedo percebeu que não tinha sido detalhado para o papel de advogado e começou a fazer aulas de canto com o maestro Luciano Bettarini, dedicando-se à música em tempo integral.

Em 1992, o astro do rock italiano Zucchero Fornaciari testou Andrea enquanto procurava tenores para fazer um dueto na canção Miserere. Ao ouvir a gravação, o tenor Luciano Pavarotti implorou a Zucchero para usar Andrea em vez dele mesmo. Enfim, a música foi gravada com Pavarotti, mas Andrea Bocelli acompanhou Zucchero na tour que se realizou pela Europa e que deu a conhecer o artista ao mundo.

 

Em 1994, Andrea Bocelli apresentou-se no Festival de San Remo (Festival da canção italiana), ganhando o evento com a canção Il mare calmo della sera, participação que se traduziu no seu primeiro disco de ouro. No mesmo ano, estreou na ópera Macbeth, de Giuseppe Verdi, com o papel de Macduff.

Andrea Bocelli: à conquista do mundo

Andrea Bocelli lançou mais álbuns até à sua entrada no mercado americano, com um concerto no John F. Kennedy Center for the Performing Arts em Washington D.C. e uma receção na Casa Branca. Naquele ano e em 1999, Andrea partiu em tour pela América do Norte e América do Sul e fez duetos lado a lado com artistas como Celine Dion, além de apresentar-se na primeira ópera totalmente transmitida ao vivo pela Internet da Detroit Opera House, com Denyce Graves.

Em 2002, Andrea repetiu a tour pela América e foi distinguido com dois World Music Awards. Desde então, tem continuado a sua carreira com aparições em concertos no mundo inteiro.

Andrea Bocelli editou recentemente uma edição especial do 20.º aniversário do seu aclamado álbum “Romanza”. Considerado um disco de viragem do percurso de Andrea Bocelli, sendo ainda hoje o álbum italiano mais vendido de sempre, esta reedição conta com o disco original remasterizado, mais três temas bónus, entre eles duas novas versões do lendário “Com Te Partirò (Time To Say Goodbye)”.

As comemorações dos 80 anos da Renascença têm o seu expoente máximo no concerto de Andrea Bocelli em Portugal. Ao tenor italiano junta-se agora Ana Moura para uma participação especial. Os dois artistas encontrar-se-ão no mesmo palco, a 25 de março de 2017, no MEO Arena. Dois artistas extraordinários da atualidade e reconhecidos internacionalmente.

CLIQUE AQUI NO TICKETBIS + VIAGOGO PARA GARANTIR BILHETES PARA VER ANDREA BOCELLI

   

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *